top of page

➡Você sabia que o estresse sofrido pela mãe durante a gravidez pode afetar o bebê❓

Quando o corpo passa por uma situação de estresse, ele libera substâncias como cortisol e adrenalina. Essas substâncias deixam o corpo em situação de alerta, como se ele estivesse preparado para correr ou fugir. Por isso, o organismo prioriza regiões como a visão e audição, em detrimento do útero.


Outra mudança no organismo é que a pressão sanguínea fica em ritmo acelerado, o que pode impactar no fluxo da placenta e, consequentemente, no transporte de oxigênio e nutrientes para o bebê. Nessas condições, o bebê tende até a movimentar-se menos dentro do útero.


O que fazer para evitar situações de estresse?


A gestação é um período de muita ansiedade e mudanças para a mamãe. O ideal é buscar informações que a deixem mais seguras sobre o período da gravidez e os cuidados com o bebê. Procure evitar outras mudanças na vida pessoal e profissional, além das já previstas.

Além disso, você pode adotar alguns hábitos simples, como ter uma rotina de sono e também alimentar. Isso ajuda o organismo a se recompor. Fazer meditação é uma grande ajuda, somente pelo fato de regular a respiração e a frequência cardíaca. Atividades físicas simples também auxiliam a mamãe a combater o estresse, pois libera substâncias que geram relaxamento e prazer.


Um Abraço, Dr. Marcelo Saldanha Pediatra



Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page