top of page

Você sabe o que é Retinopatia da prematuridade?


Esta é uma doença que ocorre quando os pequenos vasos sanguíneos no fundo dos olhos do bebê crescem mais que o normal, podendo causar, nos casos mais graves, o descolamento da retina e a perda de visão.


Quando essa doença ocorre?


A retinopatia está associada ao nascimento prematuro, na sua maioria em bebês que nascem antes da 30ª semana de gestação. Quando o bebê nasce muito antes do previsto, pode ocorrer uma interrupção no crescimento dos vasos sanguíneos que irrigam a retina. Quando esse crescimento recomeça, ele ocorre de forma desorganizada.

A retinopatia tem uma maior chance de ocorrer quando o bebê prematuro tiver distúrbios graves, como infecções, sangramento cerebral ou distúrbios pulmonares.


Como é feito o diagnóstico?


A retinopatia não causa sintomas no bebê. Quando nasce, uma série de exames é realizada no recém nascido, entre eles um exame oftalmológico. Onde o médico deve examinar rotineiramente os olhos dos recém nascidos prematuros que pesam menos de 1500 gramas, ou que nasceram antes das 30 semanas. Os exames oculares são repetidos até que os vasos sanguíneos da retina tenham concluído seu crescimento.


Qual o tratamento?


Em geral, a retinopatia é leve e se resolve espontaneamente. Entretanto, nos casos graves, são realizados tratamentos à laser, e por vezes cirurgias. Esses tratamentos interrompem o crescimento fora do normal dos vasos sanguíneos, diminuindo o risco de ocorrer descolamento de retina e perda de visão.


Um Abraço, Dr. Marcelo Saldanha Pediatra



Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page