top of page

Porque você não deve medicar o bebê antes de vacinar!

Atualizado: 23 de mar. de 2022


Conheça dois motivos para não medicar antes da aplicação da vacina:


1) Nem todas as crianças terão reação.


Medicar antes, sendo sem saber se realmente haverá reação, é expor a criança a uma medicação de forma desnecessária.


Apesar dos analgésicos e antitérmicos serem seguros, são medicamentos, e todo medicamento deve ser utilizado somente quando existe indicação.


2) Redução do potencial protetor das vacinas


Crianças que recebem medicação preventivamente, antes ou imediatamente após a vacinação, quando ainda não há reações, produzem menos anticorpos, ou seja, diminui o potencial protetor da vacina.


Para garantir a eficácia total, não é recomendado o uso de analgésicos ou antitérmicos antes da aplicação.


⚠ Atenção para a exceção, a vacina meningocócica tipo B:

O uso de paracetamol antes ou logo após a vacinação da meningocócica B pode reduzir o risco de febre e não interfere na resposta imune dessa vacina.


Quanto aos outros imunizantes, o uso de medicamentos para o controle da dor e da febre deve ser prescrito e usado apenas se a criança tiver reação da vacina e nunca preventivamente!

Posts Relacionados

Ver tudo
bottom of page