top of page

Como aumentar a produção de leite materno



São duas as principais dicas: ingestão de no mínimo 3 litros de água e colocar o bebê para sugar.


Ingestão de Água 


É uma das principais medidas empregadas para o sucesso da amamentação, a produção de leite depende da quantia de água que é ingerida. Recomendamos uma ingestão mínima de três litros de água por dia, podendo ser até mais, principalmente nos climas quentes. Sempre orientamos em deixar o recipiente de água num local bem visível para que, ao ser avistado, a água seja ingerida, pois na correria do dia, por vezes, esquecemos de tomar água. O parâmetro melhor para avaliação da quantidade de água que estamos tomando é a frequência e a cor da urina, quanto mais vezes por dia urinamos e quanto mais incolor estiver a urina, maior é a quantidade de água que tomamos. Não recomendamos o uso de outros líquidos ou de chás, pois não sabemos os efeitos sobre o bebê, acostume a tomar água mesmo. Não acredite naquela vizinha que ouviu dizer que tomando bastante leite produz leite. Tome água.


Sugar o seio 


Sugar ao seio é uma das coisas mais importantes para todo o processo de formação do leite. O ato de sugar no mamilo desencadeia a produção de hormônios que vão comandar a produção de leite, portanto é muito importante que o bebê logo ao nascer já comece a sugar o seio para que todo esse mecanismo comece a atuar, mas é importante sugar de forma adequada (chamamos de pega).


Pega


Pega do bebê é a forma de como o bebê suga o seio, ou seja, é a interação do bebê com o seio da mãe. Sabemos que uma adequada pega é extremamente importante para o sucesso do aleitamento materno. É importante que você observe alguns aspectos:

•    Não deixe o bebê sugar apenas o bico do seio (mamilo), faça-o sugar o máximo possível da aréola (a área circular pigmentada em volta do bico do seio); •    Boca de peixe: É como chamamos a pega adequada, com a boca bem aberta e o lábio inferior invertido (virado para fora), queixo tocando o peito da mãe; aréola mais visível na parte superior que na inferior; língua do bebê deve envolver o bico do peito; dessa forma, a sucção realizada pelo bebê torna-se mais efetiva; •    Não há necessidade de ficar segurando o seio para que ele não cubra o nariz do bebê, mesmo em mães que possuem um seio bastante grande, cobrindo boa parte da face do bebê, não há risco de asfixia, aproveite essa mão para acariciar o seu bebê; •    Não há necessidade de higiene especial no seio para que o bebê mame; •    Importante que não aconteça muito barulho ao bebê sugar, pois quanto mais barulho, mais ar o bebê está sugando; •    As bochechas não devem ficar afundadas, como quando estamos sugando algo com força e sem muita efetividade. Elas devem ficar arredondadas; •    O corpo do bebê deve estar inteiramente de frente para a mãe e bem próximo (barriga do bebê voltada para o corpo da mãe). •    O bebê deve estar alinhado, a cabeça e a coluna em linha reta, no mesmo eixo. •    A boca do bebê deve estar de frente para o bico do peito. •    A mãe deve apoiar com o braço e mão o corpo e o “bumbum” do bebê. •    Queixo do bebê tocando o peito da mãe.


Um abraço,

Dr. Marcelo Saldanha  Pediatra 👣

Comments


bottom of page