top of page

5 REGRAS BÁSICAS PARA VISITAS AOS BEBÊS RECÉM-NASCIDOS

E mais: dicas extras e um bônus especial!


Quando um bebê chega ao mundo, todos que acompanharam a gestação, e até alguns que não acompanharam, ficam ansiosos para conhecer o bebê!


O nascimento é motivo de comemoração e de alegrias! Porém, se realmente estamos felizes com a chegada do bebê, precisamos colaborar com esse momento especial e delicado. É preciso ter calma e bom senso. Cada família tem o direito de escolher como quer viver este momento e para isso precisa de paz e tranquilidade. Porém, independente das escolhas familiares, para visitar um recém-nascido é preciso seguir algumas regras básicas:


1- NUNCA, JAMAIS, visite um recém-nascido se estiver resfriado ou gripado. Aliás, não vá se estiver doente. Não importa o quanto você tenha de intimidade com a família, você não quer expor o bebê a doenças, não é mesmo?


2- NUNCA, JAMAIS, visite um recém-nascido cheirando a cigarro. Muito menos fume perto do bebê. Também não use perfumes fortes. Ou melhor, não use perfumes. Não exponha o bebê a cheiros desnecessários.


3- NÃO BEIJE o bebê, nem toque em suas mãozinhas. Só dê colo com a autorização da mãe. Os adultos têm resistência a vírus e bactérias que os bebês ainda não possuem. Aguente firme, logo será possível afofar o bebê! De preferência quando isso não for só legal para você, mas quando ele já estiver curtindo a interação com outras pessoas.


4- LAVE muito bem as mãos, com água e sabão, de preferência até os cotovelos. Álcool gel também ajuda, mas água e sabão são mais garantidos.


5- NÃO VISITE o bebê se a família não convidar antes dos 3 meses. Hoje em dia, temos diversas formas de ter notícias se está tudo bem. NUNCA, JAMAIS, faça uma visita inesperada.


DICAS EXTRAS!


• O melhor é esperar até 3 meses para visitar o bebê. Antes disso, só se for convidado pela família. A rotina com um bebê é nova, são muitas adaptações. Espere a família se estruturar.


• Procure manter o ambiente calmo. Gargalhadas, gritarias, som alto e agitações não são agradáveis para o bebê recém-nascido.


• Não leve crianças pequenas para visitar um bebê recém-nascido, a não ser que tenha total confiança em seu comportamento. Se para adultos é quase irresistível tocar no bebê, imagine para as crianças.


• Só fotografe o bebê com a autorização dos pais. Evite uso de flash.


• Só vá a maternidade se for muito próximo da mãe e mesmo assim evite o primeiro dia, quando a mãe ainda está se recuperando do parto.


• Cuidar de um bebê recém-nascido é muito trabalhoso. Não chegue para o café ou almoço. A família está em um momento que a prioridade é o bebê e não fazer sala para visitas.


• Não peça para acordar o bebê!


• Não dê palpites em geral, opinião somente quando solicitada! JAMAIS diga que o bebê está chorando de fome ou que o leite da mãe é fraco. Transforme seu palpite em um pacote de fraldas, será mais útil!


BÔNUS MAIS QUE ESPECIAL!


• Se você realmente tem grande intimidade com a família, e não aguenta de vontade de conhecer o bebê, torne sua visita útil. Prepare uma refeição, lave a louça, varra o chão. Você pode também ajudar a cuidar do bebê para a mãe tomar um banho ou descansar. Outra ideia, que pode ser uma mão na roda é levar, se houver, os manos mais velhos para passear. Mas, mesmo sua intenção de ajudar só será útil se a família quiser. Então, a regra de ligar antes continua valendo!


• Depois da adaptação da chegada ao bebê, a maioria das mamães gostam de estar acompanhadas de bons amigos. Não hesite em entrar em contato após os momentos iniciais e se ofereça para ajudar.


Grande abraço, Dr. Marcelo Saldanha - Pediatra



Posts Relacionados

Ver tudo

Comentarios


bottom of page